21º Acampamento Nacional do Corpo Nacional de Escutas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

21º Acampamento Nacional do Corpo Nacional de Escutas

Mensagem  Lince do Mato em Seg 9 Nov - 20:37

21º Acampamento Nacional do Corpo Nacional de Escutas
Nas comemorações do centenário do escutismo, o CNE realiza, em Idanha-a-Nova, o seu acampamento.
Integrado nas comemorações do primeiro centenário do escutismo mundial o CNE - Corpo Nacional de Escutas (Escutismo Católico Português) leva a efeito na Quinta do Monte Trigo, em Idanha-a-Nova, entre 30 de Julho e 6 de Agosto de 2007 o seu 21º Acampamento Nacional e 13º Jamboree Português - o Acanac.
Estão inscritos cerca de 10 mil participantes entre portugueses e estrangeiros. Serão jovens oriundos de todas as dioceses do Continente e dos Açores que, a este acampamento, traz o seu maior contingente de sempre. Para além de escuteiros de países de língua oficial portuguesa, como São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Cabo Verde, esperam-se escuteiros de França, Bélgica, Espanha e China (Hong-Kong).
Os associados do CNE e os seus amigos escuteiros dos outros países convidados, distribuir-se-ão, de acordo com a sua faixa etária, por quatro campos: Lobitos (6-10 anos); Exploradores (10-14); Pioneiros (14 aos 18) e Caminheiros (18-22 anos). Se os Lobitos terão as suas refeições prontas e servidas no restaurante do seu campo, já os escuteiros das outras secções receberão diariamente os géneros alimentícios necessários à confecção das suas refeições.
Durante uma semana, os escuteiros vão passear, jogar, divertir-se e aprender uns com os outros, criando novas amizades. Serão visitadas as aldeias de Monsanto, Penha Garcia, Monfortinho, Idanha-a-Velha, para além da vila da Idanha-a-Nova que é a sede do concelho.
Na barragem Marechal Carmona, a dois quilómetros do acampamento, estão criadas duas praias com o apoio da protecção civil concelhia e distrital e de uma equipa de escuteiros marítimos dotada de nadadores-salvadores e barcos de apoio, que assegurarão a segurança dos jovens nos seus jogos aquáticos. Esperam-se cerca de 3.500 banhistas por dia.
No dia 31 de Julho, pelas 21 horas, a "Chama do Centenário" do Escutismo, acesa no Quénia sobre a campa de Baden-Powell - o fundador do Movimento - chega aos paços do concelho, depois de ter sido transportada por escuteiros através de África e da Europa. Em França, a caminho do Jamboree Mundial (acampamento mundial do Escutismo), que se realiza em Inglaterra no mesmo período do Acanac, é passada aos associados da Fraternidade de Nuno Álvares (antigos filiados no CNE) que a transportam para Portugal. Depois de percorrer diversas regiões escutistas, é entregue ao CNE em acto solene na presença do Presidente da Câmara Municipal, Engº Álvaro Rocha e do Bispo da Diocese, D. José Alves. A 'Chama' prossegue, em estafeta de escuteiros para o Acanac, ficando exposta no cimo do Monte Trigo.
No dia 1 de Agosto, em resposta a um desafio do Comité Mundial do Escutismo, exactamente às 8 horas da manhã, concentrando-se no anfiteatro geral do acampamento e em uníssono com os escutei-ros de todo o mundo, os participantes farão a renovação da sua Promessa.
No mesmo dia, à tarde, far-se-á a inauguração do CNAE - Campo Nacional de Actividades Escutistas, onde decorrerá o Acanac, que se encontra instalado na Quinta do Monte Trigo, propriedade com 78 ha, adquirida pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e cedida em regime de direito de superfície ao CNE por 50 anos.
Nesta quinta e durante quase dois anos, foram abertas pela Engenharia Militar estradas e plataformas, indispensáveis à sua transformação em campo de actividades escutistas, com o apoio financeiro da Câmara.
Infra-estruturas de sombreamento, de água e electricidade foram, desta vez, feitas a título definitivo, o que não tinha sido possível ate hoje pois os anteriores acampamentos nacionais foram sempre realizados em matas nacionais ou quintas particulares, exigindo a desmontagem de todas estas infra-estruturas no fim de cada acampamento, com o consequente custo financeiro.
Por iniciativa da Casa da Moeda, seguir-se-á a cerimónia de lançamento de uma moeda de 5 euros comemorativa do Centenário do Escutismo e do nascimento do seu Fundador Baden-Powell.
O dia 5 de Agosto será o dia das visitas dos amigos e familiares. Pelas 17 horas, todos os participantes no Acanac reúnem-se no Santuário da Srª. do Almortão para a celebração eucarística, a que se seguirá a festa do encerramento, com a participação de diversos grupos do rico artesanato e folclore regional. Aprender-se-á a fazer os famosos adufes de Idanha-a-Nova, entre muitas outras iniciativas. As diversas regiões escutistas terão ocasião para expor e oferecer produtos de artesanato regional e da sua gastronomia.
No dia seguinte, será a desmontagem do acampamento e o regresso a casa, encerrando, assim, mais um grande evento escutista em Portugal.
Com os olhos no futuro, o 22º Acampamento Nacional está quase à porta...
Luís Lidington - Chefe Nacional do CNE - Chefe do 21º Acanac























avatar
Lince do Mato
Pai

Mensagens : 1397
Data de inscrição : 24/10/2009
Idade : 44
Localização : Porto

http://www.391antas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum